Usamos cookies no nosso site para melhorar o desempenho e experiência. Ao continuar, declara aceitar todos os cookies.
Ler política de privacidade..

Operadores

A VALORCAR deve promover a constituição de uma rede nacional de centros de abate de VFV (REDE VALORCAR) de acordo com critérios definidos na legislação e nas suas licenças - mínimo de 60 centros no continente, de 1 centro na Madeira e de 2 centros nos Açores.

A seleção dos centros a integrar na REDE VALORCAR faz-se através de concursos que são abertos anualmente (habitualmente no mês de março ou abril). Estes concursos são auditados por entidades independentes e os seus resultados são comunicados à Agência Portuguesa do Ambiente.

As condições e procedimentos de seleção encontram-se definidos no “Regulamento para seleção de operadores“, o qual pode ser consultado na seção Biblioteca>Documentos da página de internet da VALORCAR (http://www.valorcar.pt/pt/biblioteca#documentos). As candidaturas são apresentadas por via informática, através do endereço de correio eletrónico valorcar@valorcar.pt.

A VALORCAR celebra um contrato com os centros selecionados no qual se compromete a apoiar a sua atividade, publicitando-os, trabalhando com vista a que os VFV produzidos no País sejam para aí canalizados, divulgando informações relacionadas com as melhores técnicas disponíveis e promovendo a investigação e o desenvolvimento, entre outros.

Em contrapartida, os centros da REDE VALORCAR aceitam gratuitamente VFV do último proprietário/detentor, e cumprem todos os requisitos relacionados com a receção e o tratamento de VFV e com a gestão dos seus materiais e componentes, garantindo o cumprimento dos objetivos fixados na legislação comunitária e nacional (e nos requisitos mínimos estabelecidos pela APA).